Tensão lombar – saiba o que fazer fazer para prevenir

Tensão lombar – saiba o que fazer fazer para prevenir

A dor na lombar é um fato da vida. Praticamente todas as pessoas sofrerão desse incômodo, mais cedo ou mais tarde. Uma das principais razões de dor lombar, seja dor aguda ou dor crônica, é a lombalgia.

O que é tensão lombar?

Uma série de músculos e ligamentos lombares conservam a constituição óssea da coluna vertebral no lugar. Você pode fadigar esses músculos alongando bastante, a ponto de proporcionar pequeninos rasgões no tecido. Os músculos ficam enfraquecidos, por consequência, eles não podem exercer a função de manter a constituição óssea da coluna vertebral corretamente no lugar. A coluna acha-se instável, ocasionando dor na coluna. E como os nervos da medula espinhal se estendem por todo o corpo, a dor pode dar-se em lugares diferentes.

O que suscita a lombalgia?

tensao-lombarIntenso estímulo físico.
Queda.
Reclinar ou abaixar frequentemente.
Erguer objetos pesados caso você não esteja em forma.
A tensão lombar inclusive pode ser causada por estresse emocional, postura imprópria, excesso de peso, ou por continuar assentado na mesma postura por longos períodos de tempo. Mesmo uma tosse grave pode resultar em dor nas costas.
Leve em conta que a tensão lombar não pode ser responsabilizada em toda a dor lombar. Há várias outras razões, como hérnia de disco, fraturas, nervos comprimidos, artrite, inflamações e abscessos.

Vestígios da lombalgia

tensao-lombar Dor e rigidez nas costas.
Dores nos quadris e nas pernas, por vezes na parte posterior da coxa.
Dor que piora ao encurvar ou esticar o corpo, tossir ou dar espirros.
Visto que alguns sinais de tensão lombar são semelhantes aos de enfermidades mais graves, é necessário que o caso seja analisado por um médico.
Para detectar a lombalgia, o seu médico vai te dar um check-up total. Você inclusive pode ter necessidade de raio-X, ressonância magnética e tomografia computadorizada. Estes exames a mais podem ser precisos caso sua dor não desapareça sozinha ou com tratamento conservador.

Qual é o tratamento para a lombalgia?

A tensão lombar pode ser uma lesão dolorosa e deprimente. Mas a boa notícia é que a grande parcela destes casos se cura por conta própria, dado o devido tempo. Para acelerar a melhora, você tem que:
Colocar gelo nas costas para reduzir a dor e o inchaço, logo que se machucar. Fazer isto no decorrer de 20 a 30 minutos a cada 3-4 horas por 2 a 3 dias. Você inclusive pode pôr gelo nas costas após a prática física.
Aplique calor na lombar – entretanto apenas após 2-3 dias do uso do gelo. Use calor em suas costas só depois do inchaço inicial ter sumido. Você pode usar uma bolsa térmica ou, simplesmente, banhar-se com água quente.
Tome analgésicos ou outras drogas, caso seja recomendado pelo seu médico. Os anti-inflamatórios não esteroides ajudarão com a dor nas costas e o inchaço. Apesar disto, esses medicamentos podem ter efeito contrário. Eles precisam ser utilizados eventualmente, a menos que seu médico fale o oposto. Os analgésicos e os relaxantes musculares prescritos, em certas ocasiões, são precisos.
Se o seu médico propor, faça fisioterapia para ampliar a força dos músculos das costas. Não fique na cama ou poltrona o dia todo. Isso vai piorar a lombalgia.
Não importa o que as pessoas lhe digam, o repouso na cama não funciona. As pessoas costumavam pensar que o apropriado tratamento para a lombalgia era deitar de costas até melhorar. Porém estudos mostram que isto não colabora.

Quanto tempo leva para a dor lombar melhorar?

O tempo de recuperação varia da gravidade da tensão lombar. Episódios leves são capazes de ser resolvidos em alguns dias, porém é capaz de levar semanas em situações mais graves.

Como precaver a lombalgia?

Pois que a dor lombar desapareceu, seu médico, possivelmente, irá aconselhar que você inicie uma rotina de exercícios regulares. Isto irá aumentar a força nos músculos das costas e irá deixar estes músculos mais flexíveis. Isso minimizará as possibilidades de você ter nova lombalgia no futuro. O médico irá poder indicar atividades de baixo impacto como nadar ou utilizar uma bicicleta ergométrica.
Não tente retornar ao seu nível anterior de prática física até:
Você ser capaz de se movimentar facilmente – com flexibilidade – como antes de se lesionar
Você não sentir dores no momento em que se curvar, torcer, caminhar, correr e pular.
Se você começar a exercitar-se antes que sua lombalgia seja tratada, você é capaz de acabar com dor nas costas crônica e lesão permanente.

 

Aqui estão algumas dicas para ajudar na prevenção da lombalgia:

Se você sentir dor lombar durante a atividade física, não continue.
Se você sentir dor lombar um dia de intensificação do seu treino, espere poucos dias para alterar a ficha.
Exercite e alongue os músculos das costas diariamente.
Evite adormecer de bruços. Repouse de costas ou de lado e coloque um travesseiro no meio das pernas.
Ao pegar alguma coisa pesada, curve os joelhos, não na cintura.
Perca peso caso você esteja com quilos a mais.
Adote uma ótima postura. Sente-se em cadeiras retas, com as costas contra as costas do assento.