Fixação de roer unha, como evitar

Fixação de roer unha, como evitar

Cerca de metade de todas as crianças e jovens mordem as unhas. Muitos adultos que possuem o comportamento de roer as unhas possuem a mania quando ainda eram mais jovens e, apenas, nunca cessaram.
Pode ser responsabilidade dos pais: os pesquisadores não têm evidência se o roer a unha é um problema hereditário, porém as crianças cujos pais inclusive roem unhas inclinam-se mais à roerem suas unhas identicamente. Estudos mostram que isso acontece mesmo que os pais se livrem da mania antes mesmo do nascimento do filho.
Em algumas ocasiões, morder a unha é capaz de ser um sinal de esgotamento emocional ou psíquico. O hábito ou mania tende a aparecer em pessoas que estão irritadas, inquietas ou sentindo-se mal. É uma forma de enfrentar estes sentimentos.
Você também pode se descobrir fazendo isto quando está insatisfeito, com fome ou, até mesmo na ocasião em que se sente inseguro. A maior parte das roídas é automática, você faz isto sem raciocinar.

Motivos para parar

Como Parar de roer unha Roer as unhas nem sempre provoca prejuízos permanentes, contudo, de uma vez por todas, tem suas desvantagens. Este comportamento pode fazer suas unhas crescerem feias e, no caso de você estragar o tecido em volta de suas unhas, eles podem parar de crescer da forma que deveriam. Isso dá a você unhas de aspecto irregular.
Ainda por cima, roer as unhas é capaz de estragar a sua risada. Você pode trincar ou lascar os dentes ao roer suas unhas. Com o passar do tempo, a mordida das unhas pode também acarretar problemas no maxilar.
Isso é capaz de deixar você com problemas de saúde. As mãos são um “acúmulo” de germes e as unhas são o esconderijo ideal. Quando você está pondo os dedos na boca diversas vezes ao dia, amplia a possibilidade de ficar com algumas doenças. Inclui, também, o estrago à pele que você pode ocasionar quando mastiga suas unhas, porque cria uma forma fácil à admissão de micróbios.
Você pode não notar uma mudança da noite para o dia, mas com um mínimo de tempo e esforço é possível extiguir o hábito de mastigar as unhas .

Algumas dicas conseguem ajudar a acabar de uma vez por todas com esta mania:

Corte as unhas! Caso não haja uma pele o bastante para serem agarradas pelos dentes, você vai desistir no momento em que tentar. Cobrir as unhas com alguma coisa que tenha sabor ruim é, também, uma boa tática. Existem esmaltes de unha especiais com um gosto azedo com que você é capaz de pintar nas suas unhas. O sabor terrível vai fazer você cogitar duas vezes antes de você começar a roer.
Gastar dinheiro e tempo em um salão de beleza lhe dará unhas bem parecidas e um pretexto para mantê-las dessa maneira. Utilizar luvas é capaz de parecer bobagem, entretanto se você não puder alcançar suas unhas, não poderá roê-las. Se a luva não funcionar, você pode procurar adesivos feitos para cobrir as unhas – eles podem possuir o mesmo efeito.

Observe o que ativa sua vontade de morder unha

Observe como você se sente ou o que está fazendo no momento em que rói as unhas. Assim que você sabe o que faz você começar a mascar as unhas, você pode tentar descobrir outras maneiras de lidar com essa mania.
Mantenha suas mãos ou cavidade bucal ocupadas. Ache algo para mexer – como uma bola de anti-estresse, uma caneta para clicar, masque uma goma-de-mascar a fim de que sua cavidade bucal se mantenha ativa. Centralize sua energia em outro lugar.