Como fazer o orçamento de trabalho de eletricista?

Como fazer o orçamento de trabalho de eletricista?

Um eletricista de respeito com certeza precisa entregar um orçamento bem calculado e que seja justo ao seu cliente. Neste valor precisam estar inclusos não só os gastos e despesas da operação, mas também todo o trabalho e experiência do profissional.

Com o tempo de trabalho já realizado, assim como o número de histórias de sucesso alcançadas, é possível ver valores que sejam maiores, sem necessariamente serem caros. O valor do seu trabalho deve realmente refletir o seu valor como profissional.

Pedidos de desconto só devem ser acatados caso realmente não seja possível para a pessoa pagar aquele valor. E claro, nunca devem desmerecer o valor da sua mão de obra.

Para se tornar um eletricista profissional, antes de mais nada é necessário sair em busca de atitudes que possam contribuir de maneira robusta com o seu currículo. Sendo que saber como fazer um orçamento justo acaba realmente se mostrando um desafio.

Muitos têm medo de cobrar valores muito altos e acabar sem um trabalho. Outros não sabem realmente medir a dose, e acabam por se queimar com clientes ao ver que seu preço é mais do que o dobro da concorrência (que às vezes tem até mais qualidade).

Por isso vou te recomendar duas coisas hoje:

Antes de começar a trabalhar de maneira autônoma, é realmente imprescindível que o profissional também tenha a capacidade de elaborar um orçamento de qualidade.

Logo aqui estou com um guia que irá te ajudar em toda esta empreitada. Sendo possível criar orçamentos justos e interessantes para o seu trabalho no dia a dia.

Como fazer um orçamento de trabalho de eletricista? 

Antes de mais nada é importante notar que um eletricista profissional de longa data, e alguém que está apenas começando, terão realmente valores diferentes. Não é uma questão de desespero, mas sim de começar a juntar uma lista de clientes.

É importante notar que a lista de clientes utilizada no dia a dia pelos mais conhecidos eletricistas é um resultado de vários anos levantando clientes.

Então independemente do trabalho que for realizar é importante ter em mente que ser conhecido é o seu primeiro objetivo. Claro que você não vai querer ter prejuízo, muito menos vai querer trabalhar de graça. Mas tente estipular um salário baixo e divida ele em dias de trabalho.

Assim, seus orçamentos sempre serão baseados nos gastos que você tem, mais a sua diária em relação ao que for fazer. Caso o trabalho demore um dia, cobre uma diária, se for dois dias, duas diárias. Se durar só algumas horas, cobre meia diária, mas evite passar disso.

Esta é a minha recomendação para que você calcule a sua mão de obra bem no início do seu empreendimento.

Aprenda a calcular materiais

O cálculo de materiais é extremamente importante para que você tenha certeza de que não irá sair no prejuízo. Muitos dos serviços são relativamente simples, como por exemplo trocar um bocal de lâmpada, acertar uma conexão mal feita ou algo semelhante.

Não tem como você fazer qualquer cálculo correto na casa da pessoa sem realmente ter feito as contas. E não há nada que irrite mais um cliente do que ficar solicitando mais dinheiro no meio da empreitada.

Por isso, a minha primeira recomendação é que descubra exatamente qual é o problema. Assim você nem compra material a mais ou a menos. Lembre-se de só aumentar um pouco a quantidade de fios, pois é normal ter que refazer algo e precisar de um pouco mais.

Nunca faça o cálculo na casa do cliente, a menos que você já tenha de cabeça o valor das peças. Isso poderia ser algo que mudou recentemente também, não podemos ignorar que os valores sobem sem avisos.

Por isso você deve verificar tudo antes de passar um valor final.

Se o trabalho em si for a instalação elétrica de uma casa, peça o projeto elétrico ou a planta baixa. Tente descobrir o que vai ser necessário. E só entregue um orçamento quando realmente tiver certeza.

eletricista-trabalhando

Nunca faça nada por telefone, conquiste o cliente

Entenda, não é o preço que conquista o cliente na maioria das vezes. O que faz a diferença mesmo é ir até ele e conquistar mostrando seu domínio sobre o assunto.

Por exemplo, você calcula o orçamento, mas não passa simplesmente o resultado pelo Whatsapp. Você volta até a casa com uma planilha, mostrando exatamente tudo o que será gasto, não só em nome de equipamentos, como também a quantidade, e possibilidade de marcas.

Mostre que você fez uma pesquisa, e que realmente entende do que está fazendo.

Acaba sendo um trabalho mais duro, eu sei, porém dificilmente será contestado. E o melhor, toda a estrutura pode ser aproveitada por outros futuros clientes.

Deixe uma tabela pronta caso você realmente queira encontrar resultados de verdade.

Se não for possível falar com a pessoa diretamente, é importante também que você tenha como entregar tudo bem detalhado em arquivos personalizados. Se necessário contrate um profissional que trabalhe com design.

O valor pode ser um pouco alto, mas é algo que você faz uma vez e depois edita você mesmo o que precisar. Utilizar ferramentas, como por exemplo o Canva, ajudam a encontrar um jeito gratuito de resolver o problema.

Não demore!

Talvez você esteja realmente atolado de coisas para fazer, mas não demore no que você precisa fazer. Neste meio tempo outro profissional muito provavelmente será contactado, e ele talvez já tenha tudo pronto para apresentar.

No momento em que você entregar todo o seu trabalho de pesquisa, será tristemente dispensado.

Por fim, a minha recomendação também é que você possa dar orçamentos na hora para serviços menores. Assim é possível fechar de uma vez o serviço, ganhar tempo e ainda fidelizar o cliente, já que ele se sentirá aliviado.

No mais é isso, o caminho para se tornar um eletricista profissional é realmente desafiador. Mas sem dúvida nenhuma está longe de ser uma tarefa impossível.