Seis Sinais que você não deve ignorar

Seis Sinais que você não deve ignorar

Muitas pessoas deixam de ir no médico e dessa forma acabam correndo ameaças desnecessárias a saúde. Um simples mau estar pode estar correlacionado com um transtorno frequente do dia-a-dia, ou com uma enfermidade importante que deve-se medicar com emergência.
A grande maioria das dores não indica sinal de alguma coisa importante, porém determinados sintomas têm de ser verificados.

1. Moleza em seus braços e pés

estou-doente Se você ficar abatido ou com seu braço, perna ou rosto torpe, possivelmente será um sinal de um acidente vascular cerebral, especialmente se estiver só de um só lado de seu corpo. Você igualmente pode ter um acidente vascular cerebral se você não é capaz de manter o equilíbrio, se sentir zonzo ou demonstrar problemas para caminhar. Consiga auxílio rapidamente se você, subitamente, não conseguir ver nitidamente, sentir uma enxaqueca forte, se sentir confuso ou manifestar problemas para dialogar ou assimilar.
Procure instantaneamente um médico. Ligue para a emergência. Se você receber um medicamento de coagulação em torno de 4 e 5 horas após o primeiro sinal, você consegue minimizar seu risco de padecer de um AVC.

2. Dor no peito

estou-doente Quando se refere a dores no tórax, é melhor prevenir do que remediar.
Toda dor na caixa toráxica, particularmente acompanhada de sudorese, pressão, falta de ar ou náusea, necessitará de ser analisada imediatamente por um médico profissional. A dor ou a pressão do tórax provavelmente são um sintoma de enfermidade do coração ou um infarto, particularmente caso você sinta isso toda vez que faz esforço ou enquanto encontrar-se efetuando uma atividade.
A dor no tórax pode revelar outros distúrbios sem contar o coração. Por exemplo, você possui outra condição grave, como um coágulo sanguíneo que se move para o pulmão.
Se o seu peito sentir-se comprimido ou pesado, e permanece mais de alguns minutos ou esta impressão some e volta outra vez, vá atrás de ajuda.

3. Vulnerabilidade e dores embaixo da perna

Isso provavelmente é um indício de um coágulo sanguíneo em alguma das pernas. É denominado de Trombose Venosa Profunda, ou TVP. Pode vir a acontecer depois de passar horas sentado, como um passeio de avião extenso, ou doente, na cama há tempos.
Se for um coágulo de sangue, você pode sentir a dor especialmente a partir do momento que você fica de pé ou faz caminhadas. Você inclusive, pode observar inchaço. A perna fica, habitualmente, vermelha e frágil, e uma vai ficar maior do que a outra. É normal sentir fragilidade após o exercício. Contudo se você também ver vermelhidão e sentir calor onde está inchado ou sensível, ligue para a emergência.

4. Sangue no xixi

Inúmeras coisas podem fazer você manifestar sangue no xixi. Se tem sangue em sua urina e você ainda está tendo bastante dor no lado do abdome ou na coluna, você possui cálculos renais. Uma pedra nos rins é um pequenino cristal formado de minerais e sais que formam-se nos rins e se move através do tubo que guia sua urina.
Seu médico pode solicitar análises de raios-X ou realizar um ultrassom para ver as pedras. Um raio-X usa radiação em doses baixas para formar figuras de estruturas por dentro de seu corpo. Um ultrassom faz figuras com ondas sonoras.
Várias pedras nos rins casualmente passam por seu corpo na ocasião em que você urina, o que provavelmente é bastante dolorido. Mas, em certas ocasiões, seu médico pode precisar remover a pedra nos rins.
No entanto, se você ver sangue no seu xixi e você ainda tem um aumento na sensação de que necessita imediatamente urinar, estiver indo com bastante frequência ao banheiro ou sentindo ardor ao mijar, você provavelmente pode ter uma inflamação renal. Consulte um médico, principalmente caso tenha febre.
Mas se o sangue na urina ocorrer sem nenhum tipo de dor, presumivelmente é um sinal de câncer renal ou bexiga, assim sendo, não deixe de visitar o médico.

5. Assovios ao inspirar

Os problemas de respiração precisam ser tratados instantaneamente. Uma vez que esteja assobiando ou escutar um sibilo no momento em que respira, consulte o seu médico.
Pode ser asma, problema pulmonar, alergia seríssima ou exposição a produtos químicos. Seu médico pode descobrir o que está acarretando e como tratá-lo. Se você tem asma alérgica, um alergista ou pneumologista (profissional em pulmão) criará um plano para controlá-lo e diminuir as crises.
Os apitos também são acarretados por pneumonia ou bronquite. Você está tossindo muco amarelo ou esverdeado? Você ainda tem febre ou falta de ar? Se assim for você pode ter bronquite que está convertendo-se em pneumonia. O que sugere que é hora de efetuar uma visita ao médico.

6. Pensamentos suicidas

Se você se sentir desesperado ou atado, ou achando que não tem motivos para ficar vivo, procure ajuda. Conversar com um psiquiatra pode auxiliá-lo a enfrentar esse momento.
Vá a uma emergência de um centro hospitalar psiquiátrico ou pesquise um profissional de saúde psíquica.